8 de fevereiro de 2019

Artista plástico Diego Barros inaugura exposição “Miscellaneous – A natureza das coisas”

Em mostra individual, alagoano expõe suas primeiras obras

No universo particular e colorido de Diego, as ideias se unem com um único fim: miscelânea. Em sua primeira exposição, comvernissage no dia 08 de fevereiro (sexta-feira), no Bon Vin Boutique & Bistrot, o artista passeia por vários temas que compõem questionamentos de seu ser.
Composta por 18 obras, a exposição “Miscellaneous – A natureza das coisas”, explora desde personagens icônicos que fazem ou fizeram de sua história um legado para o mundo, até as críticas sociais do cotidiano – sempre embalado pelo jazz e pelo blue, ritmos que adora ouvir durante seu processo criativo, além de uma boa cerveja. A vernissage, aliás, terá apresentação da banda Johnny Blues, que confere ainda mais autenticidade às obras do artista, guiadas tanto por dilemas e questões íntimas, quanto por personalidades que Diego admira e se inspira.
Para ele, essa é uma forma de exaltar as grandes mentes humanas que mudaram o mundo para melhor, tentando criar no espectador a consciência sobre problemas atuais – e o que podem gerar no futuro – bem como o modo sobre como nós passamos por eles, muitas vezes sem nos darmos conta.
“Minha ideia é que cada tela se comunique com o espectador e que cause um impacto, que o faça pensar a respeito das problemáticas e das circunstâncias presentes no nosso dia a dia e que muitas vezes passam despercebidas”, afirma.
Diego tenta encontrar em cada obra, a beleza que considera oculta, seja nas coisas, nas pessoas ou nas situações. Mas, acima de tudo, quer ir além da estética. A exposição surge como uma forma do artista de trazer ao público, a esperança de que podemos sempre evoluir como seres humanos. “Quero que minha arte não sirva apenas para compor um ambiente, quero que ela gere bate-papo, que as pessoas olhem pra ela e discutam sobre os assuntos que ela aborda”, conclui.

Sobre Diego Barros
Diego Barros é alagoano, natural de Maceió, onde vive. Com uma habilidade própria para as artes, sempre gostou de se expressar através dela – desde os 3 anos de idade, quando, por diversas vezes, surpreendia por seu talento e traços firmes para a idade.
Formado em administração, sentiu cada vez mais, na vida adulta, a crescente vontade de se dedicar na área das artes plásticas.
Através da divulgação – a princípio, despretensiosa – de suas artes nas redes sociais, o artista tem conquistado o público com pinceladas características, onde conta uma história ou imagina uma nova história para o mundo e para as pessoas. “Uso a arte para me desconectar”, entrega.
As pinturas assinadas por Diego Barros, que está em constante transformação artística, contemplam a influência provocada pelo primitivismo de Basquiat, as críticas sociais e políticas do grafiteiro Banksy e o Pop Art de Andy Warhol. As criações surgem basicamente em momentos de solidão: “Sempre tenho que estar em conexão profunda comigo mesmo para começar um trabalho”, afirma.
A exuberância das cores e a criatividade dos temas sobre as telas chamam atenção no artista, que dá vida a obras que vão de biografias a críticas. É nesse imaginário colorido que suas pinturas apresentam ao público um pouco do seu universo particular.

Serviço: Exposição “Miscellaneous – A natureza das coisas

Artista: Diego Barros

Vernissage: 08 de fevereiro de 2019, às 18h00

Local: BON VIN – Boutique & Bistrot | Rua Gen. João Saleiro Pitão, 1037 (Maceió Facilities) – Ponta Verde

Visitação: de 08 de fevereiro a abril de 2019

Horários de visitação: de Segunda à Sábado a partir das 18h

Por assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *