7 de setembro de 2018

Setembro é o mês de conscientização e prevenção do câncer infantojuvenil

O Setembro Dourado visa chamar atenção da população para o combate e prevenção ao câncer infantojuvenil, que é a principal causa de morte por doença entre crianças e adolescentes, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca).

São esperados 12.500 novos casos de câncer infantojuvenil para o biênio 2018/2019, em crianças e adolescentes de até 19 anos. Segundo o Inca, a região Centro-Oeste deve somar 1.800 casos desse total. A médica oncologista Janaina Jabur, da Aliança Instituto de Oncologia, explica que esse tipo da doença engloba neoplasias que afetam geralmente as células do sistema sanguíneo, nervoso e ainda os tecidos de sustentação. “São vários tipos de câncer, sendo os mais comuns: leucemias, linfomas e tumores do sistema nervoso central”, exemplifica a médica.

Para ela, a campanha de conscientização é de extrema importância, principalmente porque pode ajudar a identificar a doença. “Elas ajudam a população a entender mais sobre os sintomas desses cânceres”, aponta.

Fique atento!
Janaina alerta que o câncer infantojuvenil pode apresentar alguns indícios:

– Dor de cabeça pela manhã associada a vômito
– Caroços no pescoço, axilas, virilha e ínguas que não somem
-Dor nas pernas que atrapalham as atividades da criança
-Manchas pelo corpo
-Aumento da circunferência abdominal, entre outros.
“Além disso, com a descoberta precoce, aproximadamente 70% dos casos da doença podem ser curados, se tratados adequadamente”, destaca a oncologista.

Por assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *