1 de junho de 2018

MedRadius trás para Maceió alta tecnologia e eleva Alagoas na escala de tratamentos contra o câncer

Radiocirugia e SBRT prometem tratar lesões cranianas e extracranianas sem corte.

Radiocirugia e SBRT prometem tratar lesões cranianas e extracranianas sem corte.

Pouquíssimas cidades no Norte e Nordeste oferecem a radiocirurgia como opção de tratamento contra o câncer. Agora, Maceió se destaca com equipamento moderno de radiocirurgia e SBRT para tratar lesões benignas e/ou malignas (câncer), cranianas e extracranianas, sem corte.
O médico radioterapeuta do Centro de Tratamento de câncer MedRadius, Dr. Caio Arraes, esclarece o assunto.
Segundo o médico, a radiocirurgia, ou radioterapia estereotática craniana, é um tratamento que apesar do nome, não tem nada a ver com cirurgia. Ela é uma modalidade de radioterapia que permite tratar lesões cerebrais com altas doses de radiação, em uma ou poucas aplicações, com elevada precisão, sem cortes e sem necessidade de anestesia.
Ela é uma técnica precisa, utilizada para tratar tumores cerebrais benignos ou não, tumores recidivados, TOC, tumores oculares, entre outras lesões cranianas.
Já a SBRT é a técnica que possibilitou o tratamento de radiocirurgia em outras partes do corpo.
A radiocirurgia e a SBRT são realizadas na máquina de radioterapia, que possua braços, chamados de CONE BEAN. Este equipamento oferece precisão, pois faz uma tomografia do paciente, no aparelho de radioterapia, imediatamente antes da aplicação, o que mostra o local exato onde está a lesão (tumor) a ser tratada. Por aumentar a precisão, esta técnica possibilita possibilita que os resultados aconteçam de forma mais rápida e os efeitos colaterais sejam minimizados. A precisão oferecida, pelo CONE BEAN, permite a realização de tratamentos de menor duração, com poucas doses e até com dose única.
Toda a programação para realização do tratamento é feita pelo médico e pelo físico com auxílio de um sistema computacional.
Por assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *